Motocross
Evento de Motocross na Cortelha

GrupoEtnografico
Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão

ManjaresSerranos

Manjares Serranos da Cortelha


FestivalFolclore
Festival de Folclore da Cortelha

Pedestre
Passeio Pedestre

Bem vindo ao site da Associação dos Amigos da Cortelha

Segunda, 29 de Novembro de 2021

Sábado, 12 de Janeiro de 2013
Versão de Impressão | Enviar este artigo a um amigo

Cerca de 150 participantes estiveram presentes no Passeio Pedestre “Matança do Porco”, que se realizou no passado dia 6 de Janeiro, na típica aldeia da Cortelha, em plena freguesia de Salir. Os pedestrianos percorreram caminhos e veredas, vislumbraram paisagens e assistiram à grande surpresa do passeio a típica “matança de porco” numa manhã de Domingo diferente, proporcionada pela Associação dos Amigos da Cortelha.

Foi uma manhã fria, aquela que presenciou os inúmeros participantes que se deslocaram até à Cortelha, para participar em mais uma caminhada. Como vem sendo hábito nos últimos anos, a organização preparou um excelente passeio em pleno interior do concelho de Loulé, dando a conhecer a Serra do Caldeirão, através das belas paisagens e de um significativo contacto com a natureza e as tradições locais.

Antes do início da caminhada teve lugar a tradicional “Matança do Porco”, onde os participantes puderam observar alguns homens vestidos a rigor, agarrando o porco para depois procederem à sua matança e ao chamuscar do mesmo, seguindo os pedestrianos posteriormente para a caminhada.

O percurso com cerca de 6 kms, desenrolou-se à volta da aldeia da Cortelha, passando por a fonte de água dos “Amigos”, por o Moinho de Vento da Cumeada e por várias ribeiras, encontrando paisagens espetaculares entre os montes e vales da serra do Caldeirão.
Na chegada ao moinho de vento da Cumeada, a organização ofereceu aos participantes as típicas “papas” de milho, onde os pedestrianos puderam degustar esta iguaria tradicional desta zona do algarve.
De seguida o grupo passou por uma ribeira onde observou mais uma tradição ligada diretamente ao tema central deste passeio, que foi o lavar das tripas de porco na ribeira por as “mulheres” daqueles que tinham feito a matança.

Os “aventureiros” deslocaram-se depois por o caminho que os levou de regresso até à Cortelha, onde foram recebidos com algumas iguarias, como por exemplo a “cachola”, o sangue e a carne assada do porco acompanhados com pão, queijo e vinho. Durante o lanche houve lugar para os cantares das janeiras por parte do grupo da Associação dos Amigos da Cortelha. No final a opinião positiva foi unânime entre os 150 participantes, a organização que contou com o apoio da Câmara Municipal de Loulé e da Junta de Freguesia de Salir, elevou mais uma vez a fasquia proporcionando assim um espetacular Passeio Pedestre.