Motocross
Evento de Motocross na Cortelha

GrupoEtnografico
Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão

ManjaresSerranos

Manjares Serranos da Cortelha


FestivalFolclore
Festival de Folclore da Cortelha

Pedestre
Passeio Pedestre

Bem vindo ao site da Associação dos Amigos da Cortelha

Quarta, 26 de Janeiro de 2022

Segunda, 10 de Novembro de 2008
Versão de Impressão | Enviar este artigo a um amigo

Foram cerca de 150 participantes que aproveitaram a manhã solarenga de domingo, dia 9 de Novembro, para descobrir os mais secretos encantos da Serra do Caldeirão. A Associação dos Amigos da Cortelha organizou o Passeio Pedestre, inspirado no dia de São Martinho, e muitos acorreram a um evento que “desvendou” inúmeras localidades e alguns “montes esquecidos” do interior da Serra Algarvia.

A proposta era simples e atraiu inúmeros visitantes. Tendo como pano de fundo as harmoniosas paisagens da Serra do Caldeirão, os Amigos da Cortelha decidiram dar a conhecer os diversos elementos do património rural existentes no interior do Concelho de Loulé, através da realização de mais um Passeio Pedestre. O percurso, de nível médio e com a extensão de 8 kms, levou os participantes desde a típica aldeia da Cortelha até alguns dos montes e sítios “esquecidos” do interior serrano, seduzindo todos aqueles que aproveitaram esta manhã para fomentar a actividade física em contacto directo com a natureza.

Por entre as veredas percorridas, não faltou o contacto com as antigas fontes, barragens e moinhos, outrora fulcrais para a sobrevivência das populações. Para além do sempre aprazível contacto com a fauna e flora da Serra do Caldeirão, nomeadamente através da observação dos medronheiros, bem compostos nesta altura do ano, um dos pontos importantes desta iniciativa prendeu-se com a visita a um moinho de vento recuperado, onde pôde ser observada a sua constituição e modo de funcionamento.

Outro dos pontos altos da iniciativa ocorreu, na localidade de Vale Maria Dias, num ambiente bastante tradicional em pleno casario, a população local prendou todos os pedestrianos com um belo tacho de papas de milho, que levou ao delírio de todos, onde aproveitaram também para trocar impressões com um artesão que elaborou no local alguns cucharros em cortiça.

O convívio e salutar relação entre todos os aventureiros foi nota dominante de mais um passeio que dinamizou e impulsionou o interior da Freguesia de Salir. Esta prática lúdico desportiva encontra na zona da Cortelha pontos de inegável interesse, aliando a prática desportiva à divulgação do património natural e cultural da Serra.

Como se tratou de um Passeio concebido para assinalar o dia de São Martinho, no final os participantes puderam deliciar-se com as saborosas castanhas, para além de vinho, batata-doce, chouriço, queijo, presunto, pão caseiro e aguardente de medronho, num lanche típico das gentes do Caldeirão.

Para que esta manhã, além de diferente, fosse do agrado de todos, a organização prestou um apoio constante a todos os participantes, através da distribuição de água e bolos ao longo do percurso. Esta actividade foi mais uma vez organizada pela Associação dos Amigos da Cortelha e contou com o reconhecido apoio da Câmara Municipal de Loulé, da Junta de Freguesia de Salir e da Fundação INATEL.